Como cadastrar meus produtos?

O Oficina Integrada dispõe de um mecanismo preciso para controle de estoque. Para tanto é preciso cadastrar no estoque todos os produtos e definir uma quantidade mínima é máxima para possibilitar o controle.

Menu Produtos e Serviços>Incluir Produtos

Na tela de inclusão teremos os dados básicos e os dados fiscais. Entraremos em detalhes apenas nos campos que requer atenção, pois os demais basta preenchê-los como se pede.

DADOS BÁSICOS

O Campo de Barras apesar de poder ser preenchido com qualquer informação, caso for emitir notas fiscais esse campo terá de estar preenchido com a numeração no padrão cEAN, caso não esteja preenchido de acordo retornará o erro “Rejeição 611: cEAN inválido com seu tipo de dados.”

Caso o produto não tenha um código de barras, deixe em branco.

Os campos na seção Estoque( Atual, Mínimo e Máximo) devem ser preenchidos pois sem eles, não será possivel realizar um controle de estoque preciso.

O campo Preço de Venda é de extrema importância pois é utilizado na ordem de serviço e na venda pelo PDV.

Preço de Compra é utilizado no relatório de vendas para gerar a margem de lucro por período.

Substitutos:

Quando for importar um  XML de compra com um produto já cadastrado no sistema, mas de um fornecedor diferente possivelmente irá duplicar o cadastro da peça. Para que isso não ocorra utilize os campos Cod. produto substituto incluindo neles os códigos alternativos do mesmo produto em fornecedores diferentes(cada fornecedor tem um código), realizando esse procedimento, quando ler a nota de compra o sistema pesquisará nos códigos de produtos para confirmar se o item já não esta cadastrado. Caso o código do produto na nota esteja também em um produto cadastrado o sistema irá apenas incluir a quantidade que foi comprada.

DADOS FISCAIS(APENAS PARA NF-E)

Só serão necessário preencher os dados fiscais quando for emitir notas fiscais(requer modulo adicional contratado).

Assim como nos outros tutoriais entraremos em detalhes apenas nos campos obrigatórios que requer alguma atenção, aqui os demais campos não são utilizados pois essas informações são retiradas automaticamente das ordens de serviços.

Nós dados fiscais básicos é necessario o preenchimento apenas dos campos NCM e CFOP, caso tenham alguma dúvida sobre esses dados será preciso entrar em contato com sua contabilidade para confirmar quais os dados corretos que deve ser utilizado.

Na guia IPI, por padrão deixe marcado a opção não usar, pois esse campo geralmente só é utilizado por indústrias.

Na guia ICMS temos algumas considerações em relação a Situação Tributária. O Oficina Integrada exibe todas as opções de ST do ICMS disponíveis, contudo se a empresa for optante pelo Simples Nacional (CST1) só poderá emitir notas com ST do 101 ao 900. Entre esses ST os mais utilizados por oficinas são o 102, 500 e o 900.

Caso sua empresa estiver no Simples Nacional e tente emitir uma nota com outro ST de ICMS menor que o 101, retornará a Rejeição (590): Informado CST para emissor do Simples Nacional. 

Os demais campos da guia ICMS podem ser deixados em branco. Caso tenha alguma dúvida sobre o preenchimento desses outros campos também será necessário entrar em contato com sua contabilidade.

Na guia PIS e na guia Cofins normalmente é utilizado a opção 07 – Operação Isenta de Contribuição, todavia essa informação deve ser confirmada com seu contador.

A guia Importadas raramente será utilizada, pois só em alguns casos de produtos estrangeiros que precisarão desses campos.

Por último temos a guia Combustível. Quando estiverem comercializando algum produto com CFOP(5656/5655) e NCM(84133030) de combustível líquido ou lubrificante, será preciso preencher os campos Código produto ANP e UF de Consumo. Caso tente emitir uma nota que se enquadre nessas condições mais sem o código ANP retornará o erro Rejeição 660: CFOP de Combustível e não informado grupo de combustível.


Na maioria dos casos onde as oficinas precisam utilizar esses campos é na comercialização de Óleo lubrificante, nesses casos o ANP a ser utilizado é o 620505001, para outros casos é preciso confirmar o código no portal da ANP http://www.anp.gov.br/SITE/EXTRAS/SITE_SIMP/tabela-codigos.asp.

Was this article helpful?

Related Articles