Como emitir uma NF-e de produtos?

Com o Módulo Fiscal instalado, é possível emitir notas de produtos diretamente na tela de Ordem de Serviço.

Menu Ordem de Serviço>Listar OS>Selecionar a OS> Gerar NF-e

TODAS AS INFORMAÇÕES FISCAIS DEVEM SER CONFIRMADAS COM A SUA CONTABILIDADE

CONSIDERAÇÕES E PRÉ REQUISITOS

Ao contratar o módulo adicional para emissão de NF-e, nossa equipe entrará em contato para agendar a instalação e também para auxiliar nos procedimentos de uso. Só será possível emitir notas com o módulo instalado.

OBS.: Além da contratação do Modulo Fiscal, a oficina também deve ter em mãos o certificado digital necessário para emissão, o sistema aceita os tipos A1(digital) ou A3(USB).

Para emitir a nota é importante que na ordem de serviço tenham sido incluídos os produtos cadastrados no sistema. Esses itens podem ser incluídos pela opção “Peça de estoque” na inclusão de produtos. Peças digitadas não aparecerão na nota fiscal, pois não possuem os dados fiscais preenchidos.


Itens de estoque poderão ser editados diretamente na OS. Caso tente emitir uma nota apenas com peças digitadas, retornará o erro Rejeição – O elemento NF-e não esperava o elemento filho Total.

Quando houver na OS peças de estoque, haverá um pequeno botão verde para editar a peça diretamente na tela.

Caso tenha alguma dúvida sobre como preencher o cadastro de peças, siga nosso passo a passo, clique aqui.

Além das peças de estoque cadastradas corretamente, é necessário verificar se estão devidamente preenchidos os campos fiscais nos dados da empresa e os dados fiscais no cadastro do cliente para qual a nota será emitida.

OBS.: Caso sua empresa já emitia Notas Fiscais em outro sistema, será necessário verificar a numeração da última nota gerada para poder dar sequência nessa numeração. Caso seja emitida uma nota com o mesmo número de uma nota já gerada, retornará o erro Rejeição 539: Duplicidade de NF-e com diferença na Chave de Acesso.

EMISSÃO DA NFE

Siga o seguinte tutorial  para emissão da nota.

Dentro da OS acesse a opção Gerar NFE:

OBS.: Opção disponível apenas para clientes que contrataram o módulo fiscal adicional.

Na tela que vai aparecer, basta selecionar o cliente para o faturamento da nota e preencher os campos: Número da NF-e, CFOP, Alíquota do ICMS, Situação Tributária e Dados adicionais.

OBS.: É possível faturar a nota para um cliente diferente do que está vinculado na Ordem de Serviço.

O campo CFOP, caso não seja preenchido, o sistema irá verificar esse valor do que esta cadastrado individualmente no produto. Em casos de notas em que há CFOP diferente entre os produtos, será preciso deixar esse campo em branco; caso seja preenchido, o sistema irá definir esse CFOP para todos os itens dessa nota.

A Situação tributária tem de ser verificada junto à contabilidade, mas de forma geral são utilizados os ST 102, 500 e 900.

O campo Dados Adicionais é obrigatório e deve conter letras e números. A legislação exige que as empresas cadastradas no simples nacional informem nesse campo a seguinte sentença: DOCUMENTO EMITIDO POR ME OU EPP OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL E NÃO GERA DIREITO A CRÉDITO FISCAL DE ICMS, DE ISS E DE IPI. Esse campo pode ser configurado como uma mensagem padrão nas configurações do sistema.

Após concluir a nota fiscal, o sistema irá gerar um arquivo .XML que deve ser baixado e salvo na pasta remessa do módulo fiscal. Durante a instalação nossa equipe mostrará como realizar os procedimentos. Clique aqui para mais informações.

Was this article helpful?

Related Articles